Pedalar nas terras da grandes cachoeiras gigantes

São mais de 100 cachoeiras catalogadas para você escolher e conhecer cada uma delas de cima da sua bicicleta.

Prudentópolis é uma daquelas cidadezinhas que você chega e não quer mais sair. Localizada no interior do Paraná a 200 km da capital Curitiba, este paraíso na terra se destaca principalmente pelas suas belezas naturais. Localizada entre o segundo e o terceiro planalto paranaense, o município é conhecido como a “Terra das Cachoeiras Gigantes” por possuir muitas quedas com mais de 50 metros de altura.

A região de Prudentópolis é rica em belezas naturais graças aos aspectos peculiares da sua topografia. Aqui encontramos um dos maiores cânions do país e uma hidrografia privilegiada. O resultado é uma sequência impressionante de quedas d’água de alturas vertiginosas, algumas, como o Salto São Francisco, com 196 m de queda e rara beleza. São mais de 100 saltos catalogados na região, muitas destas cachoeiras ainda se encontram em ambiente pouco explorado, em meio a natureza quase intocada.

Além das cachoeiras gigantes, outro atrativo é a tradição mantida pelos descendentes ucranianos que colonizaram a região.

Por este motivo, Prudentópolis também é chamada de a pequena Ucrânia, ou, a Ucrânia brasileira. Aproximadamente 80% da população atual tem descendência ucraniana. Um povo cordial, hospitaleiro e muito acolhedor, você se sentirá em outro país.

Vou de Bike e Salto Alto

PRINCIPAIS CACHOEIRAS

O Salto Manduri

O Salto tem 34 metros de altura. Este Salto fica dentro do Recanto Rickli e não é possível se aproximar muito , pois grades de segurança o protege. Mas nem por isso deixa de nos encantar com sua beleza e uma queda d’agua que se abre sobre as rochas como um lindo leque.

Vou de Bike e Salto Alto
Vou de Bike e Salto Alto

Logo ao lado do Recanto Rickli está o Salto Barão do Rio Branco:

Com 64 metros de altura e um grande volume de água, o Salto Barão do Rio Branco foi utilizado para geração de energia elétrica. Para chegar até a base da queda, é necessário descer 478 degraus. A queda é muito bonita, principalmente pelo grande volume de água.

Fotos: Vou de Bike e Salto Alto

Cachoeira São Francisco

É a maior queda do sul do país e uma das maiores do Brasil. É daquelas que nos deixam de boca aberta, de uma beleza indescritível, o clima, o sol, a vegetação, a névoa que se forma, contribuiu para deixar o cenário ainda mais bonito.

A entrada é livre! Mas atenção: um trecho da estrada está em mal conservação, por isso, para os ciclistas a trilha é dura e de dificuldade forte.

Ecoturismo Brasil

Salto São João: Podemos observá-lo de longe, num mirante. Mesmo àquela distância, a paisagem consegue nos proporcionar uma beleza incrível. Este salto não é tão grande quanto o são Francisco, porém sua beleza é tão impressionante quanto. Podemos ficar numa pedra bem próximo ao precipício! Ótimas fotos podem ser tiradas dali, o conjunto dos elementos da natureza nos possibilita desfrutar de um magnífico espetáculo!

ONDE FICAR e PORQUE FICAR

Pousada saltosete.com.br localizada a 11 km da cidade de Prudentópolis, o nome da pousada é em homenagem a grande Cachoeira que está na propriedade particular onde foi construída a pousada. O nome se dá devido as sete quedas menores que formam uma cachoeira de 77 metros, por isso Salto Sete.

Este é um daqueles cantinhos que você não acredita que demorou tanto tempo para conhecer. Lindo e aconchegante, proporciona ao turista/ciclista momentos de relaxamento e contemplação inesquecíveis.

Ficar hospedo na pousada já é por sí só uma grande aventura, já que a pousada oferece também rappel, tirolesa e claro uma inesquecível visita a Cachoeira Salto Sete e um mirante que vão fazer você esquecer do resto do mundo.

A pousada está situada em cima do Salto Sete e com vista espetacular para o maior cânion da região.

A pousada Salto sete conta com total infraestrutura para os ciclistas, Ricardo o proprietário, além de guia especializado também é ciclista e cicloativista. Morador da região ha muitos anos, Já percorreu de bike todas as cachoeiras e trilhas de Prudentópolis, por isso é um grande conhecedor de locais onde muitos turistas nunca pisaram. São locais capazes de enlouquecer qualquer amante de bicicleta ideais para prática de MTB e de cicloturimo.

Boas vindas na entrada da pousada, uma linda bicicleta.

ONDE COMER?

Na Pousada Salto Sete, é claro. A pousada oferece café da manhã, almoço e jantar. Uma comida caseira, com produtos direto da horta da pousada. Incluso neste cardápio suculento e delicioso não poderiam faltar os pratos típicos ucranianos.

O carinho com que os hóspedes/ciclistas são recebidos fica ainda mais evidente quando depois daquele pedal exaustivo, você é recebido com um bolo fresquinho de banana acompanhado de um cafézinho com leite quentinho. Um mimo.

Vista dos bangalôs da pousada

SUPER DICAS VOU DE BIKE E SALTO ALTO

O relevo é bastante acidentado com trechos de grande altimetria

O pedal até o Salto São Francisco é pesado.

O nível de dificuldade durante as pedaladas é médio, mas requer algum preparo físico .

Qualquer pessoa, ciclistas ou não podem visitar os locais.

É possível conhecer boa parte das principais cachoeiras em três dias de pedalada

Em geral as estradas são boas, os pontos turísticos são bem sinalizados durante o percurso.

Algumas cachoeiras como São João exigem pagamento para o acesso

É possível visitação nos pontos o ano inteiro.

A pousada Salto Sete possui guias e 4×4 para possíveis passeios

Acesse aqui os detalhes de como chegar: http://saltosete.com.br/#localizacao

Acesse STRAVA Vou de Bike e Salto Alto:

https://www.strava.com/activities/961914625/shareable_images/map_based?hl=pt-BR&v=1493414504

https://www.strava.com/activities/963452295/shareable_images/map_based?hl=pt-BR&v=1493499204

https://www.strava.com/activities/973793999/shareable_images/map_based?hl=pt-BR&v=1494091433

MAPAS

Mais fotos para vocês sentirem mais vontade de conhecer este paraíso.

“Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser. Que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver” (Amyr Klink)

Fonte de pesquisa: http://www.demochilaecaneca.com.br

http://www.portaldascachoeiras.com

É mulher na bike que a gente quer ver no outubro rosa?

O pedal outubro rosa #juntassomosmais em Guarapuava foi lindamente colorido por mulheres maravilhosas. Cada uma no seu ritmo, no seu tempo e na sua vontade abrilhantaram as estradas e a cidade de Guarapuava. Parabéns a família @los_manolos_elas_no_pedal e @biksstore e a todos que colaboraram para este lindo e emocionante evento.

Saiba mais

Compartilhe suas considerações

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vou de Bike e Salto Alto. Mulheres amantes da bike e do salto alto encontram seu lugar para dividir experiências.

Acompanhe-nos


Seja notificada por e-mail sobre novas publicações