Pedal Rosa Maraí: Mulheres que se unem através da bike

O músico britânico David Byrne já chegou a afirmar em uma de suas músicas: “Quanto mais mulheres pedalando, mais homens as seguirão.”

No Brasil, além das várias ações que disseminam a cultura da bike, existem grupos e coletivos que procuram estimular especificamente as mulheres a repensarem suas relações com a qualidade de vida utilizando a bicicleta de uma maneira segura e agradável. Eles são uma ótima oportunidade de promover encontros, conversas, compartilhar experiências, espelhar mais meninas e, principalmente, pedalar em grupo.

Além de ajudar a perder algumas calorias, andar de bicicleta tonifica as pernas e ajuda você a abandonar o sedentarismo no melhor estilo. E você está deixando sua bicicleta enferrujar dentro de casa porque não tem companhia para pedalar por aí, o VouDeBikeeSaltoAlto tem uma dica para você.

Existe um grupo de meninas ciclistas chamado “Pedal Rosa Miraí” formado por mulheres de todas as idades e estilos, que pedalam por prazer e acabam incentivando outras mulheres a fazerem o mesmo.

Vem comigo conhecer mais esse grupo lindo de mulheres ciclistas que adotaram a bike como um estilo de vida, lazer, amizade e diversão. Acompanhe a entrevista que fizemos com elas.

O nome do Grupo é Pedal Rosa da cidade de Miraí – MG. Formado em setembro de 2015 com o objetivo de juntar a mulherada para a prática de exercícios.Qual o motivo por ter escolhido a bicicleta como prática de exercícios? A bike é um exercício completo, pois gera bem estar físico e mental.Com quem vocês deixam os filhos enquanto pedalam?

Com o pai, avós,.

Praticam outros esportes? Quais? Sim.. musculação, Cross fit, pilates…

E as tarefas de casa, são feitas antes ou depois do pedal? Depende do dia, as vezes antes, as vezes depois.Como a bicicleta entrou na vida de vocês? Por acaso, visando uma atividade física, mas com o passar do tempo virou uma paixão.

Como é a relação e rotina com a bicicleta? Cada uma vai no horário mais propício durante a semana (manhã ou noite) e no final de semana tentamos juntar a galera.

Quando vocês se encontram? Geralmente nós encontramos para pedalar aos sábados, mas durante a semana fazemos um pedal mais curtinho.

São quantas pessoas? 18

Existe uma relação de amizade fora dos pedais? Sim. Aliás, acho que se poderia dizer que muitas amizades começaram com o pedal e hoje levamos essa amizade para a vida.

Que mudanças vocês perceberam do antes e depois da bike em suas vidas? A bike nos torna livre, sensação de bem estar, serotonina a mil.. indescritível..

Pedalam na cidade , estradas ou trilhas? Maior parte do pedal é em estrada, mas sempre passa por alguma cidade e algumas trilhas.

Qual a sensação de pedalar nestes locais?

Na realidade não tem como descrever um pedal com palavras. A sensação de liberdade, o vento no rosto, o gostinho da adrenalina são imensuráveis.

Como seria a vida de vocês sem a Bicicleta? Seria vazia.E a família, apoia vocês? A família apoia, mas sempre gera aquele ciúmes da bike.. fazer o que Na cidade, vocês fazem algum trabalho social ou em relação ao trânsito seguro? Não

Faça um relato de alguém do grupo que se superou após a descoberta da bike em sua vida. Todas nós superamos de alguma forma (medo de bois, cachorros, de descidas, de subidas muito inclinadas, de não dar conta…)

Faça um relato de alguém do grupo que se superou após a descoberta da bike em sua vida. Todas nós superamos de alguma forma (medo de bois, cachorros, de descidas, de subidas muito inclinadas, de não dar conta…)

Estimular que mais mulheres conquistem autonomia, liberdade, segurança e independência e esse já é um desafio e tanto.

PARABÉNS a mais este grupo lindo que nasceu no interior de Minas Gerais e que vem colhendo frutos e revolucionando a vida de dezenas de mulheres a través da BICICLETA.

Sou Viviane Mendonça , Ciclista, cicloturista e cicloativista há 15 anos
“Incentivadora do uso da bicicleta entre as mulheres!”
Facebook Fanpage – https://www.facebook.com/voudebikeesaltoalto
Instagram – https://www.instagram.com/vou_de_bike_e_salto_alto/
Por Viviane Mendonca – Geógrafa , historiadora e apaixonada por bicicleta

É mulher na bike que a gente quer ver no outubro rosa?

O pedal outubro rosa #juntassomosmais em Guarapuava foi lindamente colorido por mulheres maravilhosas. Cada uma no seu ritmo, no seu tempo e na sua vontade abrilhantaram as estradas e a cidade de Guarapuava. Parabéns a família @los_manolos_elas_no_pedal e @biksstore e a todos que colaboraram para este lindo e emocionante evento.

Saiba mais

Compartilhe suas considerações

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vou de Bike e Salto Alto. Mulheres amantes da bike e do salto alto encontram seu lugar para dividir experiências.

Acompanhe-nos


Seja notificada por e-mail sobre novas publicações