De bicicleta e peito aberto contra o câncer de mama

Pesquisa mostra que andar de bicicleta no dia a dia diminui em mais de 40% riscos de câncer e problemas cardíacos. Cientistas pedem políticas públicas para incentivar ciclismo e, assim, melhorar saúde da população.

Quem vai ao trabalho a pé reduz em 27% o risco de doenças cardíacas e em 36% as chances de morrer devido a essas complicações, mas não há efeitos sobre menores chances de ter câncer e morte prematura.

Já os Ciclistas apresentam, em geral, melhores condições físicas, pelo fato de o exercício ser mais intenso do que a caminhada, diz a pesquisa.

1) A atividade Física previne o câncer?

Um estudo realizado com 100 mil mulheres francesas, divulgado pelo Instituto Nacional Francês da Saúde e Pesquisa Médica (Inserm), revelou que a prática regular de um esporte também previne o câncer de mama nas mulheres. De acordo com os resultados da pesquisa, quanto mais intenso e regular o exercício, menor é o risco de desenvolvimento da doença. Em mulheres que afirmaram praticar atividade física intensa por cinco horas ou mais por semana, a diminuição do risco de câncer de mama foi da ordem de 38%. Segundo o Inserm, o squash, as artes marciais, a corrida, a natação, o tênis e o ciclismo são, nessa ordem, as atividades nas quais se gasta mais energia.

2) Quais são as dicas para quem quer deixar o sedentarismo para trás?

Faça uma avaliação médica antes de iniciar uma atividade física.

  • Escolha uma atividade que lhe seja prazerosa.
  • Pratique atividade física sob orientação profissional.
  • Pratique ao menos 30 minutos de atividade física moderada, 5 vezes por semana.
  • Para reduzir o risco de câncer de mama e colo-retal, opte por 45 minutos de atividade física – de moderada a intensa – por 45 minutos, 5 vezes por semana.
  • Na impossibilidade de freqüentar academias ou clubes esportivos, vale lançar mão de atividades de rotina, tais como: subida e descida de escadas, passeio com o cachorro, jardinagem, lavagem de carro, caminhada em ritmo ligeiro, dança, pedalada ou natação.
  • Para os atletas de fim-de-semana, pessoas que praticam atividades apenas aos sábados e domingos, um alerta: a prática é prejudicial, pois não apresenta um ritmo adequado e coloca em risco a saúde.
Foto: Carlos Eduardo Mendes

CURIOSIDADES SOBRE O CÂNCER DE MAMA NO BRASIL

– Segundo a estimativa sobre Incidência de Câncer no Brasil, 2014-2015, produzida pelo Inca, o Brasil terá 576 mil novos casos de câncer por ano. Desses, 57.120 mil serão tumores de mama.

– O câncer de mama é o tipo de câncer que mais mata mulheres no mundo

– O câncer de mama é uma doença grave, mas que pode ser curada. Quanto mais cedo ele for detectado, mais fácil será curá-lo. Se no momento do diagnóstico o tumor tiver menos de 1 centímetro (estágio inicial), as chances de cura chegam a 95%.

– 51,3% dos casos ocorrem no Sudeste do país.

– A segunda região com mais casos é o Nordeste (19,3%), seguida pelo Sul (18,9%). Em quarto e quinto lugar aparecem o Centro-Oeste (7,3%) e Norte (3,2%).

– 66% dos casos são descobertos pelas próprias pacientes.

– Excesso de gordura abdominal aumenta em 74% o risco de câncer de mama

“O amor por si mesma é a melhor prevenção. A mulher precisa conhecer o próprio corpo, valorizar as próprias emoções e buscar qualidade de vida”, afirma a mastologista Carmen Wolgien. A receita pode não ser infalível nem reverter as mutações dos genes. Mas, certamente, vai fazer você viver mais e melhor.

Roupas desta edição: http://www.lojalikebike.com.br/

Fonte: http://vyaestelar.uol.com.br

É mulher na bike que a gente quer ver no outubro rosa?

O pedal outubro rosa #juntassomosmais em Guarapuava foi lindamente colorido por mulheres maravilhosas. Cada uma no seu ritmo, no seu tempo e na sua vontade abrilhantaram as estradas e a cidade de Guarapuava. Parabéns a família @los_manolos_elas_no_pedal e @biksstore e a todos que colaboraram para este lindo e emocionante evento.

Saiba mais

Compartilhe suas considerações

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vou de Bike e Salto Alto. Mulheres amantes da bike e do salto alto encontram seu lugar para dividir experiências.

Acompanhe-nos


Seja notificada por e-mail sobre novas publicações